origens de uma nova perspectiva

Resolvi deixar de preguiça e retomar este blog há muito abandonado…

 

Ahhh, bons tempos os de faculdade, em que há tempo e material de sobra para pesquisar e debater os mais diversos assuntos aqui neste lugar anonymous que é a internet…

 

Enfim, muito tempo se passou, muita coisa mudou e tá na hora de (aos poucos) readequar este blog aos tempos atuais. Mudanças no visual estão por vir, novos assuntos, tópicos diferentes, não teremos outros colaboradores aqui por enquanto, mas pretendo armar umas parcerias no futuro.

 

Comecemos pelo título do blog: Insanidade Consciente Constante. Parece absurdo, confuso e abstrato, mas na realidade hoje tem muito mais sentido que no ano em que o lancei. A insanidade virou uma constante na vida das pessoas, a tal ponto de ser um estado de espírito consciente, algo inadmissível em tempos não tão remotos assim…

 

Digo isso através de uma análise superficial de nossa rotina extremamente turbulenta, com seu tráfego de terabytes de informações que devem ser assimiladas instantaneamente para que você, eu e qualquer um que seja, esteja devidamente bem colocado, profissionalmente falando.

 

Às vezes, esse tráfego de informações atinge níveis que apenas pessoas insanas (que abdicam de suas próprias vidas, sem se dar conta disso) conseguem absorvê-lo. Porém, hoje esse tipo de pessoa não é mais considerada insana e sim consciente. Isto porque hoje é uma constante estar neste estado de alienação consciente: você se aliena de sentimentos, convívio e diversão e compromete-se apenas com as obrigações (você deve estudar, fazer um exercício físico, ter uma relação estável, um emprego que te remunere bem), esquecendo-se que pode tirar proveito dessas atividades também. É triste, mas é a realidade de muita gente que, pasme: nem se deram conta disso ainda.

 

Assim chegamos no primeiro porquê deste blog: “Por quê este nome?”

 

Nos próximos posts mais revelações para melhor compreensão do que ele será daqui em diante…

Sobre SeuLeco

Um unespiano nômade que adora administração pública.
Esse post foi publicado em Perspectiva e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s